Top

Apesar do alto interesse  do brasileiro em ciência e tecnologia, o acesso à informação ainda é baixo

No Brasil 63% dos brasileiros demonstram interesse por ciência e tecnologia, já na União Europeia a porcentagem é menor,  53% das pessoas se interessam por inovações e produção científica. No país, 73%  dos entrevistados afirmam que as atividades  de ciência e tecnologia  tem mais benefícios do que maléficos para ao população, sendo o Brasil  como um dos países mais otimistas sobre isso. 

Esses são os dados  que podem ser consultados no estudo da série Percepção Pública da Ciência  e Tecnologia do Brasil  lançado pelo MCTI durante a 67 Reunião Anual  da  Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência  (SBPC) e realizado pelo  Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE).

A pesquisa  entrevistou 1962 pessoas  através de 105 perguntas abertas e fechadas  e revelou ainda que apesar do brasileiro ter interesse há pouco acesso   a informações científicas e tecnológicas sendo que 21% dos brasileiros utilizam a TV e 18% usam a internet para adquirir conhecimento.

Para ter acesso à pesquisa completa clique aqui.

A 67ª Reunião da SBPC ocorre de 12 a 18 de julho na área norte do campus da UFSCar. Para mais informações acesse aqui.

 

Por Flávia Cayres – ASCOM/NAP-SoL

Apoio:

  • USP - Pró-Reitoria de Pesquisa
  • Capes
  • CNPq
  • Fapesp
//0x87h